Laboratório Nacional da Índia e ITP firmam parceria para novas pesquisas em cooperação

18/11/2019
Drs. Chinnakonda Gopinath e Renan Tavares
Drs. Chinnakonda Gopinath e Renan Tavares

Em mais uma ação visando a ampliação do processo de internacionalização do Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP), a instituição sergipana recebeu, durante o mês de outubro, o pesquisador Dr. Chinnakonda Subramanian Gopinath, Cientista-chefe da Divisão de Catálise e do Centro de Excelência em Ciências da Superfície do National Chemical Laboratory (NCL), em Pune, na Índia. Ele foi ciceroneado pelo Dr. Renan Tavares, coordenador do Laboratório de Catálise, Energia e Materiais (LCEM) e com quem possui projeto em colaboração há aproximadamente dois anos, parceria iniciada quando Dr. Renan foi ao país asiático para o Pós-doutoramento e o pesquisador Chinnakonda Gopinath, que é doutor em Química do Estudo Sólido, foi o tutor do brasileiro.

Durante as duas semanas em que esteve em Aracaju, Dr. Gopinath proferiu palestras sobre “Nanomateriais”, “Técnicas de preparação de catalisadores”, Caracterização de catalisadores”, “Técnicas analíticas de superfície”, “Produção fotocatalítica de fotos de hidrogênio” e “Como escrever manuscritos científicos”. Ele também participou de uma roda de conversa com o grupo de doutores do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos sobre inovação na ciência, e de discussões acerca dos problemas relacionados à pesquisa científica.

Dr. Chinnakonda Gopinath é membro da Academia Indiana de Ciências (Bangalore) desde 2011; atua no Instituto Indiano de Tecnologia (IIT); foi professor visitante na Universidade Lille1, na França, e também lecionou na francesa Universidade de Bordeaux. É membro vitalício da Sociedade de Pesquisa Química da Índia (CRSI), da Sociedade de Catálise da Índia (CSI) e da Sociedade Americana de Química (ACS). É, também, secretário geral da Academia Humboldt, na cidade de Pune/Índia. Dentre os prêmios recebidos estão o Scientist of the year da NCL, e o Deshpande National Award from Holkar Science College. Foi ganhador da bolsa de pesquisa Alexander Von Humboldt (AvH) da Fundação AvH/Alemanha, e é membro do Painel Consultivo Internacional do Centro de Pesquisa em Inovação de Gás, da Shell do Brasil.

No ano de 2000 o pesquisador indiano deu início a sérios estudos de ciências da superfície, principalmente sobre fotoemissão, catalisadores, materiais inorgânicos, poliméricos, magnéticos e eletrônicos na NCL. E foi justamente por também realizar pesquisas na área de fotocatálise que Dr. Renan Tavares, em 2012, entrou em contato com o Conselho Superior de Investigação da Índia demonstrando interesse em firmar parceria para o desenvolvimento de projetos de pesquisa em colaboração.

Os contatos iniciados naquele ano continuaram existindo, porém, o estreitamento dos laços só aconteceu em 2016, quando o pesquisador sergipano foi à Ásia para o segundo Pós-doutoramento (o primeiro fora no México), realizado no Laboratório de Espectroscopia e Fotocatálise, coordenado pelo Dr. Chinnakonda Gopinath. Ao longo de um ano de atividades conjuntas, os pesquisadores atuaram no desenvolvimento de novos materiais para a produção de hidrogênio via energia solar.

“Trabalhamos com uma tecnologia muito nova no mundo todo, que é a fotobiocatálise. A nossa intenção é produzir hidrogênio combustível para ser usado como fonte de energia para qualquer produto ou situação. Tanto nós, quanto ele, já trabalhamos com esta linha de pesquisa, por isso, decidimos juntar nossas intenções e expertises para caminharmos em uma mesma direção”, comentou Dr. Renan Tavares. Pesquisa em colaboração não é novidade para o pesquisador indiano, pois, ele já atua desta forma. Um exemplo é o projeto de fabricação do instrumento de feixe molecular – empregado para reações de fase de vapor em superfícies metálicas - e das pesquisas para a redução de óxido nítrico na superfície do metal Pd, desenvolvidos em parceria entre a NCL, Índia e Fritz-Haber Inst., de Berlim/Alemanha.

Segundo Dr. Renan Tavares, o tempo que Dr. Gopinath passou no Instituto de Tecnologia e Pesquisa foi necessário para melhorar a interação entre os grupos dos dois países e, também, para formatar uma robusta proposta de cooperação científica entre o ITP, o Laboratório Nacional da Índia e a Universidade Tiradentes. A ideia é que, juntas, as instituições possam participar de editais para seleção de projetos ou pleitear o financiamento de pesquisa à empresas e indústrias que possam ser diretamente beneficiadas com as pesquisas do grupo. Outra intenção é que esta parceria possa agir como um grande guarda-chuva para novos projetos transdisciplinares.

“Por ser um dos países mais populosos do mundo e por tudo o que é mostrado pela mídia, as pessoas acabam pensando que a Índia é, somente, extremamente pobre e que isso se reflete em todas as áreas, em todos os campos, o que não é verdade. A Índia é um celeiro de excelentes pesquisadores. No laboratório do Dr. Gopinath, por exemplo, estão equipamentos que, no Brasil todo, só tem umas três unidades. A pesquisa de ponta que realizam atrai, todos os anos, visitantes de diversos países da Europa”, salientou o pesquisador do ITP.



Veja Mais

Bolsa de Iniciação Tecnológica e Industrial

Bolsa de Iniciação Tecnológica e Industrial

10/12/2019 - O Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) está ofertando uma vaga para bolsista de Iniciação Tecnológica e Indu...

Bolsa DTI-B - Desenvolvimento Tecnológico e Industrial

Bolsa DTI-B - Desenvolvimento Tecnológico e Industrial

10/12/2019 - O Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) está ofertando uma vaga para bolsista de Desenvolvimento Tecnológico e Industrial. ...

Bolsa de desenvolvimento Tecnológico e industrial - Bacharel em Química

Bolsa de desenvolvimento Tecnológico e industrial - Bacharel em Química

10/12/2019 - O Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) está ofertando uma vaga para bolsista de Desenvolvimento Tecnológico e Industrial p...

Pesquisador do ITP recebe medalha Dom Távora de Direitos Humanos

Pesquisador do ITP recebe medalha Dom Távora de Direitos Humanos

10/12/2019 - Após ter a luta em defesa dos direitos humanos dos povos de axé, principalmente à liberdade de culto religioso, reconhe...