Unit e ITP aprofundam pesquisas na área de gás e energias renováveis

13/02/2024

Entre as iniciativas que buscam fomentar ainda mais o crescimento da produção e do mercado de gás natural, energias renováveis e biocombustíveis em Sergipe, realizadas neste momento pela Universidade Tiradentes (Unit), está o aprofundamento de pesquisas voltadas ao aperfeiçoamento da descoberta, da exploração e do uso destes produtos, de modo a torná-los mais baratos e mais acessíveis à população e aos setores econômicos. Esse trabalho vem sendo desenvolvido por pesquisadores, entre professores, egressos e alunos de mestrado e doutorado dos programas de Pós-Graduação em Engenharia de Processos (PEP) e Biotecnologia Industrial (PBI), em conjunto com o Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP)

Uma dessas pesquisas é sobre a produção de biocombustíveis avançados através do processamento de biomassa. O projeto, financiado pela petrolífera portuguesa Galp, visa o desenvolvimento de processos termoquímicos empregando fluidos pressurizados, catalisadores químicos e bioquímicos em rotas de produção de bioquerosenes, biodiesel, biogás e etanol 2G e 3G, bem como outras técnicas. Ele conta com aproximadamente 30 pesquisadores, incluindo doutores, pós-doutores, técnicos contratados e estudantes de mestrado e doutorado, além de alunos da Graduação que participam de programas de Iniciação Científica. 

Estes estudos incluíram a visita realizada a Dublin, na Irlanda, entre os dias 19 e 24 de novembro do ano passado, pelo professor Cláudio Dariva, pesquisador do Núcleo de Estudos em Sistemas Coloidais (Nuesc/ITP) e docente do PEP e do PBI. Nela, Dariva conheceu e observou o funcionamento de empresas que trabalham com o processamento de biomassa e até mesmo do lixo. “O pessoal utiliza resíduos urbanos e também de agroflorestas, de agroindústrias, e transformam isso em combustíveis. Então, em vez de você fazer gasolina, diesel ou querosene a partir de petróleo, a ideia é fazer a partir de resíduos urbanos e a partir de biomassa”, detalha. Uma destas empresas irlandesas, a Dublin Waste to Energy, está em negociações com o Governo do Estado para investir R$ 900 milhões na implantação de uma usina do tipo em Sergipe.

As pesquisas desenvolvidas na Unit e ITP, assim como as informações colhidas na visita à Irlanda, contribuem para um projeto mais ambicioso: a formação de um centro de excelência em Sergipe para a produção de biocombustíveis avançados a partir de biomassa. “São várias tecnologias disponíveis e a gente tem dentro do ITP e da Unit um grupo de pesquisadores e de laboratórios instalados que trabalham com fermentação, com processamento de biomassa, com produção de hidrogênio, com processos de captura de carbono para limpeza do ar, entre outras tecnologias. A ideia é desenvolver estas frentes para produzir processos e produtos inovadores na área de bioenergia”, acrescenta Dariva. 

Ainda de acordo com o professor, as pesquisas desenvolvidas em Sergipe estão em consonância com o que está em discussão no cenário internacional: a transição energética dos combustíveis fósseis para a bioenergia e outras fontes renováveis. Neste caso, a principal estratégia a ser seguida por Sergipe, inclusive na formação de pesquisadores e de profissionais, é a diversificação das matrizes e fontes de produção de energia. “O nosso estado é privilegiadíssimo em função da matriz energética, porque a gente tem óleo, gás, termelétricas, hidroelétricas, biomassa, energia eólica e paineis solares. Isso é fantástico quando você quer ser um líder de mercado nessa área. A gente aposta que essa matriz precisa ser diversificada. Isso significa que não devemos direcionar unicamente para uma única energia renovável. Significa que a gente tem que fortificar a parte diversificada da matriz energética”, disse Dariva. 

Gás natural

Outra pesquisa realizada no âmbito do Nuesc/ITP e com a Unit atende a uma demanda do setor de gás natural, no qual existem grandes expectativas de aumento da produção em Sergipe. O estudo feito a pedido da Petrobras tem o objetivo de calcular propriedades com a viscosidade e densidade de gases em sistemas pressurizados, através de análises das misturas gasosas em altas pressões. Ela também conta com a participação de mestrandos, doutorandos e alunos da graduação em iniciação científica. 

“O gás natural está comprimido sob alta pressão, principalmente em ambientes de reservatório. Quando analisamos o reservatório da costa sergipana – Sergipe Águas Profundas, ele está em um ambiente em pressões altíssimas. As propriedades desse gás são bastante diferenciadas e são difíceis de serem determinadas. Nosso grupo dispõe hoje de uma estrutura no Nuesc/ITP/Unit que permite que analisemos esse gás naquela condição do reservatório. Assim, conseguimos determinar todas as propriedades dele nas condições reais de processamento, o que permite o desenvolvimento e uso das melhores tecnologias de exploração”, diz Dariva, sobre a estrutura do Nuesc. 

O pesquisador ressalta ainda que a estrutura e o corpo técnico do ITP e da UNIT tem também atuado continuamente na formação e qualificação de profissionais em diversos níveis para atuarem nesta área de óleo, gás e biocombustíveis. “Acreditamos ser esta uma de nossas vocações como Instituto e Universidade”, completa, sobre a atuação do Grupo Tiradentes neste importante setor produtivo do estado.

* – FONTE: https://portal.unit.br/blog/noticias/unit-e-itp-aprofundam-pesquisas-na-area-de-gas-e-energias-renovaveis/



Veja Mais

Memorial de Sergipe possui mais de 30 mil peças que contam a história do estado

Memorial de Sergipe possui mais de 30 mil peças que contam a história do estado

14/11/2023 - por Quesia A partir do dia 17 de novembro, os visitantes poderão desfrutar do espaço museológico que reú...

Professor Paulo do Eirado Dias Filho recebe Título de Cidadania Sergipana

Professor Paulo do Eirado Dias Filho recebe Título de Cidadania Sergipana

17/10/2023 - Por Paulo Santos – Agência de Notícias Alese Em Sessão Especial, na tarde desta segunda-feira (16), a Assembleia ...

Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP), inicia apresentação de patentes em formato de pitch

Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP), inicia apresentação de patentes em formato de pitch

11/10/2023 - O Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) marca um importante passo rumo à promoção do desenvolvimento tecnológ...

Explore o Universo da Ciência e Tecnologia com o Podcast Tendências Inspiradoras

Explore o Universo da Ciência e Tecnologia com o Podcast Tendências Inspiradoras

09/10/2023 - Você já ouviu falar no Podcast Tendências Inspiradoras? Se você é um entusiasta da ciência e tecnologi...